Portal News:

‘The Guardian’ reverencia crescimento da música gospel no Brasil


Um dos jornais mais importantes da Europa, o britânico “The Guardian”, destacou o crescimento do segmento gospel no Brasil. Com o título “Gospel toca uma corda no Brasil, terra da bossa nova”, a reportagem abordou também a expressiva visibilidade da música evangélica na terra da samba e funk.
A publicação ressaltou o Festival Promessas, realizado e exibido pela maior emissora de TV do Brasil, a Globo. “Uma explosão de luzes fluorescentes, um rufar de tambores ensurdecedor e a declamação de uma parte do Salma 91: Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti”, definição dada pelo jornal ao evento.
O Festival Promessas foi gravado no dia 10 de dezembro, no Aterro do Flamengo, Zona Sul do Rio, e exibido no dia 18 do mesmo mês, alavancando a audiência da TV Globo em 13 pontos (cada ponto equivale a 58 mil aparelhos de tv). A marca do mesmo horário no domingo anterior era de apenas 7 pontos.
Luiz Gleizer, diretor da Globo, disse que a emissora não poderia ignorar a proporção que a música gospel tomou no Brasil. De acordo com ele, a Globo percebeu a importância progressiva da música gospel na vida cultural brasileira.
O “The Guardian” afirmou que o mercado gospel brasileiro está avaliado em R$ 1,5 bilhão em 2011, atraindo várias gravadoras seculares, entre elas a Som Livre e Sony Music.
O crescimento do gênero gospel pode ser atribuído também ao fato do segmento ser o menos pirateado, obtendo a fidelidade do público alvo.
Fonte: The Christian Post

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário abaixo. Se quiser uma resposta, deixe seu endereço de e-mail que em breve estaremos respondendo...

Acompanhe-nos
Facebook- www.facebook.com/portaldiscipulos
Twitter- @eliseurosa
E-mail: portaldiscipulos@gmail.com

Deus abençoe!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

© Copyright Portal Discípulos- Portal gospel de notícias do Brasil 2015 | Design by K8 Informática |Powered by Portal Discípulos.