Portal News:

Religiosos que distribuíram folhetos contra gays são presos na Inglaterra



Religiosos que distribuíram folhetos contra gays são presos na Inglaterra
Três muçulmanos foram condenados na Inglaterra por incitar o ódio aos homossexuais. Essa condenação é a primeira depois de aprovada uma lei anti-homofobia que entrou em vigor em 2010.
Eles foram acusados de distribuir um folheto que pregava a pena de morte aos gays. Ihjaz Ali, Kabir Ahmed e Razwan Javed distribuíram o material em caixas de correio da cidade de Derby. Os folhetos tinham a imagem de um boneco enforcado e também orações islâmicas. Traziam ainda uma explicação de que a palavra gay era uma sigla para God Abhor You [Deus abomina você].
Ihjaz Ali, 42 anos, é taxista em Fairfax Road, e foi indiciado como organizador da ação, além de produzir e fornecer os folhetos. Foi considerado culpado de quatro acusações.
Kabir Ahmed e Javed Razwan, ambos de 28 anos, foram condenados pela distribuição do material na área vizinha a sua mesquita.
Mehboob Hussain, 45, e Umar Javed, 38, que foram acusados do mesmo crime, foram inocentados pelo juiz.
Os três religiosos extremistas condenados defendiam que a pena de morte era a única forma de livrar a sociedade da homossexualidade.  Diante do juiz, nesta sexta-feira, os réus justificaram que apenas fizeram um ato público contra a parada gay que aconteceria em julho de 2010 naquela cidade. Afirmaram que sua intenção não era ameaçar ninguém, queriam apenas mostrar qual a visão do Islã sobre a prática homossexual.
Uma das testemunhas que participou do julgamento é homossexual e disse ao tribunal de Derby Crown,  que recebeu os folhetos por duas vezes em sua caixa de correio. Afirmou ter ficado ‘horrorizado’ na primeira vez.
Na segunda vez disse que chamou a polícia após ver que era pedida a pena de morte para os gays. “Eles me fizeram sentir horrorizado dentro de minha própria casa. Depois disso, às vezes penso que posso encontrar uma carta bomba em minha caixa de correio ou ser atacado na rua”, disse.
Ben Summerskill, líder do grupo Stonewall , que luta pelos direitos dos LGBT, celebrou a condenação: “Ficamos satisfeitos em ver os extremistas condenados por distribuir folhetos ofensivos sugerindo que gays devem ser queimados ou apedrejados até a morte”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário abaixo. Se quiser uma resposta, deixe seu endereço de e-mail que em breve estaremos respondendo...

Acompanhe-nos
Facebook- www.facebook.com/portaldiscipulos
Twitter- @eliseurosa
E-mail: portaldiscipulos@gmail.com

Deus abençoe!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

© Copyright Portal Discípulos- Portal gospel de notícias do Brasil 2015 | Design by K8 Informática |Powered by Portal Discípulos.