Portal News:

Marco Feliciano conversa com ministros para que intercedam pela vida de Yousef Nadarkhani


Marco Feliciano conversa com ministros para que intercedam pela vida de Yousef Nadarkhani
Diante das informações de que o pastor iraniano Yousef Nadarkhani pode ser enforcado a qualquer momento, o deputado federal Marco Feliciano conversou com o secretário-Geral da Presidência da República, o ministro Gilberto Carvalho, e com a chefe da Casa Civil, a ministra Gleice Hoffmann para que eles intercedam junto ao governo Irã sobre o caso.
“Continuemos em oração pelo Pr. Youcef Nadarkhani do Irã. O planalto está se movendo. Os ministros falaram comigo e prometeram se esforçar”, escreveu o pastor em seu Twitter.
Na quinta-feira, 23, o Jornal Nacional divulgou uma entrevista com o diretor da ACLJ  (Centro Americano pela Lei e a Justiça), Jordan Sekulow, que afirmou ser impossível confirmar se o pastor ainda está vivo, mas que a pressão de países como o Brasil, que tem bons relacionamentos diplomáticos com Irã pode ajudar o caso.
Yousef foi preso em 2009 e desde então passou a ser julgado pelo crime de apostasia, por ter deixado o Islã e se tornado cristão. Ele teve algumas oportunidades de negar a Jesus Cristo, mas não o fez e por isso foi condenado a morte por enforcamento. Nadarkhani é casado e tem dois filhos. Na prisão ele foi orientado por diversas vezes a se converter novamente ao islamismo para poder ser liberto.
“A ordem de execução não é divulgada publicamente. A única coisa que pode salvar Nadarkhani é a pressão internacional, principalmente de países como o Brasil, que tem boas relações diplomáticas com o Irã”, disse Sekulow em entrevista ao Jornal Nacional.
A ACLJ tem feito um trabalho de divulgação internacional sobre o caso, conseguindo que importantes líderes internacionais se manifestassem sobre o caso, mas até o momento nenhum deles conseguiu impedir que a sentença de morte fosse revogada.
Em outubro passado parlamentares evangélicos conversaram com o embaixador do Irã no Brasil, Mohsen Shaterzadeh, para falar sobre o caso e tiveram dele a palavra de que as acusações não eram sobre ele deixar o Islã, informações que para a ACLJ, que tinha contato com fontes ligadas a Nadarkhani, foram acusações inventadas para despistar a pressão internacional.
O Irã é apenas um dos países que perseguem o cristianismo. No site do ministério Portas Abertas é possível encontrar uma lista de países onde a Igreja é perseguida. Ore pelos nossos irmãos que vivem nessas regiões e que são alvos de ataques violentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário abaixo. Se quiser uma resposta, deixe seu endereço de e-mail que em breve estaremos respondendo...

Acompanhe-nos
Facebook- www.facebook.com/portaldiscipulos
Twitter- @eliseurosa
E-mail: portaldiscipulos@gmail.com

Deus abençoe!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

© Copyright Portal Discípulos- Portal gospel de notícias do Brasil 2015 | Design by K8 Informática |Powered by Portal Discípulos.