Portal News:

Possível réplica do Cristo Redentor na Inglaterra gera protestos


Primrose Hill é uma zona rica, cheia de mansões milionárias, no bairro de Camden, em Londres. A região é frequentada por adeptos de caminhadas e celebridades como o ator Jude Law, a modelo Kate Moss, o escritor Martin Amis e o cantor Enrique Iglesias.
Agora essa região está no centro de um debate religioso num dos países onde mais cresce o ateísmo no mundo. Dentro dos eventos relacionados às Olimpíadas, que ocorrem na Inglaterra este ano, existe a proposta de se erguer neste bairro uma escultura temporária, uma réplica do Cristo Redentor.
O projeto, que seria pago pelo governo brasileiro, segundo o jornal The Standard dividiu a opinião pública. O jornal afirma que o projeto é tão importante que a população local vem sendo consultada por equipes especializadas contratadas pela Embratur.
Visto por muitos como um símbolo de paz, uma estátua do Cristo Redentor de quase 40 metros no topo do Primrose Hill, serviria para divulgar a Olimpíada do Rio-2016. O ápice do projeto seria a comemoração do momento em que a tocha olímpica passará da mão dos ingleses para a dos brasileiros no encerramento dos Jogos Olímpicos, no dia 12 de agosto.
Embora a Junta de Turismo Brasileiro tentasse manter silêncio total sobre o assunto, Malcolm Kafetz, diretor da Associação de Amigos de Primrose Hill (com mais de mil membros), já disse que a estátua seria “inadequada”. “É um lugar muito especial, ele não precisa de nenhuma construção em cima. Vai ter briga”, acrescentou Kafetz.
O governo britânico prepara uma campanha para promover a cultura e os negócios do país no mundo todo, nos meses que antecedem a Olimpíada deste ano, o que inclui projetar imagens da capital britânica no Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro. “Estamos surpresos por vermos essa história no noticiário, já que se trata apenas de um conceito que estava sendo considerado como parte de uma plataforma mais ampla de atividades promocionais da Embratur e do governo brasileiro para 2012, quando o foco se transfere de Londres para o Rio”, esclarece a Embratur.
O curioso é que esse debate entre os londrinos ocorre na mesma época que Richard Dawkins lançou uma campanha para desacreditar o “templo ateu” que será construído em Londres, num projeto do filósofo suíço Alain de Botton. O legado recente de Dawkins no Reino Unido inclui outdoors e mensagens em ônibus com frases reiterando que Deus não existe e a tentativa de proibir o governo de auxiliar financeiramente escolas confessionais.
Sua postura de ser anti ”qualquer coisa religiosa” tem dividido até mesmo os ateus. “Por causa de Richard Dawkins, o ateísmo tornou-se conhecido como uma força destrutiva, mas há muitas pessoas que não creem, mas nem por isso são agressivos em relação às religiões”, disse Botton em entrevista.
De qualquer forma, as reações de alguns grupos muçulmanos e ateus podem por fim à ideia do governo brasileiro em erguer uma imagem de Cristo em Londres este ano.
Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário abaixo. Se quiser uma resposta, deixe seu endereço de e-mail que em breve estaremos respondendo...

Acompanhe-nos
Facebook- www.facebook.com/portaldiscipulos
Twitter- @eliseurosa
E-mail: portaldiscipulos@gmail.com

Deus abençoe!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

© Copyright Portal Discípulos- Portal gospel de notícias do Brasil 2015 | Design by K8 Informática |Powered by Portal Discípulos.