Portal News:

'Ataques partidários contra Feliciano são para excluir a igreja', diz Malafaia



Segundo Malafaia, o deputado federal Marco Feliciano, que assumiu a presidência da CDHM (Comissão de Direitos Humanos) da Câmara dos Deputados, teve coragem de se posicionar contra projetos de leis que vão contra a família e tinha como objetivo excluir os evangélicos. “O que está em jogo? Eles não suportam os evangélicos, nem a ideologia cristã, porque a deles é ateísta humanista, querem alijar do processo social da população brasileira o pensamento e voto dos evangélicos e querem colocar o bloqueio na sociedade contra evangélicos e pastores”, justifica.

O pastor Malafaia dedicou mais de 14 minutos de seu programa e, antes de começar a falar sobre o assunto, destacou que tinha divergências teológicas com Feliciano, mas que para ele não poderia ser motivo para permitir tamanha injustiça. “Uma vez que o motivo dos opositores não é diretamente o pastor Marco Feliciano mas sim a igreja”, justifica novamente.
Na avaliação de Malafaia, toda a polêmica em torno de Feliciano, fez uma cortina de fumaça, um jogo de cena arquitetada pelo PT, com intuito de esconder a posse José Genuíno e João Paulo Cunha, dois deputados julgados e condenado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) no caso do mensalão, e que entraram para a CCJ (Comissão de Constituição e justiça).
“Porque o PT não quis mais a presidência da CDHM? Já que o partido ficou com cargo por 16 anos e abriram mão para o PSC. A CDHM caiu no colo do PSC e consequentemente no colo do Feliciano, porque ele está fazendo um debate e chamando a atenção da mídia. Pensaram então, vamos desviar a atenção da sociedade para não perceberem que, simultaneamente com a escolha de Feliciano, dois deputados, que foram condenados por corrupção e entraram para comissão mais importante da câmara, a CCJ.

Na avaliação de Malafaia, os partidos PSOL e PDdoB entraram no jogo do PT e fizeram a pressão, porque Feliciano sempre mostrou contrários as discussões e dos projetos defendidos de interesses deles. “Ativista gay é uma turma que mama nas tetas do governo e qualquer opinião contraria eles dizes que são homofóbicos”, disse Malafaia.

Malafaia se diz totalmente contrário a todas as polêmicas criadas em torno da vida e opiniões de Feliciano enquanto pastor. “O que tem a ver o que acontece na igreja, na casa do pastor com a CDHM? Querem julgar por uma frase e dizer que pessoa é racista e homofóbico. As interpretações bíblicas sobre os africanos, por exemplo, é uma vertente teológica que não concordo, mas é uma vertente teológica, uma opinião dele, não racismo”, finaliza.


O pastor Marco Feliciano agradeceu pelo Twitter as palavra de Malafaia em seu programa. "Quero agradecer ao @PastorMalafaia que de forma brilhante mostrou a verdade sobre os ataques que venho sofrendo nesses dias".
WAPTV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário abaixo. Se quiser uma resposta, deixe seu endereço de e-mail que em breve estaremos respondendo...

Acompanhe-nos
Facebook- www.facebook.com/portaldiscipulos
Twitter- @eliseurosa
E-mail: portaldiscipulos@gmail.com

Deus abençoe!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

© Copyright Portal Discípulos- Portal gospel de notícias do Brasil 2015 | Design by K8 Informática |Powered by Portal Discípulos.