Portal News:

‘Continuo presidente’, diz Feliciano após tumulto de ativistas


Pr. Feliciano disse que segue na presidência da CDHM
A falta de respeito dos ativistas gays causou, mais uma vez, tumulto e confusão durante a sessão da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), que precisou ser interrompida. A audiência pública, marcada para esta quarta-feira (20), discutiria o tema do tratamento de pessoas com deficiência mental. Porém, a intolerância e a falta de respeito de integrantes de movimentos contrários à presença do deputado e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) na presidência da comissão, impediu o debate.
Feliciano não conseguiu ficar mais que oito minutos na audiência. Mal começou a falar, os ativistas gritaram palavras de ordem, como “racismo é crime, racismo é crime”.
O parlamentar ameaçou chamar seguranças para retirar os manifestantes da sala, no entanto, o tumulto se intensificou. Neste momento, Feliciano passou a presidência da sessão para o deputado Henrique Afonso (PV-AC), levantou-se e deixou o plenário sem falar com a imprensa.
Baixaria, xingamentos e gritaria são as ferramentas utilizadas pelos ativistas contrários ao presidente da CDHM
O deputado Henrique Afonso, que havia solicitado o debate lamentou a atitude dos manifestantes que por “intolerância não estão dando uma chance para que o pastor Marco Feliciano mostre seu empenho na defesa dos direitos humanos”.
Os deputados Nilmário Miranda (PT-MG) e Érika Kokay (PT-DF) deixaram a reunião em protesto contra a atitude da presidência em manter a normalidade dos trabalhos enquanto a comissão atravessa uma grave crise.
Pressão
O deputado Marco Feliciano afirmou que continuará no cargo. “Eu continuo e sou presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados”, afirmou ao G1 e à TV Globo ao deixar o gabinete da liderança do partido. Indagado se poderia renunciar, ele disse: “Eu não quero falar sobre isso”.
Na noite desta quarta, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), se reuniu por alguns minutos, em seu gabinete, com o líder do PSC, André Moura (SE), e com o vice-presidente do partido, pastor Everaldo Pereira, para tratar sobre a situação de Feliciano.
Ao final do encontro, Alves disse que fez um apelo para a legenda substituir Feliciano. Segundo ele, os dirigentes do PSC se comprometeram a apresentar uma solução para a crise nos próximos dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário abaixo. Se quiser uma resposta, deixe seu endereço de e-mail que em breve estaremos respondendo...

Acompanhe-nos
Facebook- www.facebook.com/portaldiscipulos
Twitter- @eliseurosa
E-mail: portaldiscipulos@gmail.com

Deus abençoe!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

© Copyright Portal Discípulos- Portal gospel de notícias do Brasil 2015 | Design by K8 Informática |Powered by Portal Discípulos.