Portal News:

Reality show de crianças estimula casamento gay

Reality show de crianças estimula casamento gay
A rede de TV e rádio BBC é uma estatal britânica, cuja agência de noticias é uma das mais respeitadas do mundo. Eles também possuem um canal infantil, o CBBC. Seguindo as diretrizes do governo do primeiro-ministro David Cameron, decidiram investir na promoção dos chamados “estilos de vida alternativos”.
Um dos programas mais populares da CBBC no momento é “Marrying Mum and Dad” [Casando mamãe e papai], que dá 10 mil libras para que os filhos planejem e custeiem a cerimônia dos pais que não são oficialmente casados.
Entre os episódios, existe uma variedade de temas escolhidos, desde o colorido “anos 80” até o sombrio “Dia das Bruxas”. Dois apresentadores adultos entrevistam as crianças e mostram os preparativos das festas. O sucesso foi tanto que o programa ganhou em 2013 uma segunda temporada.
O episódio mais recente ainda não foi ao ar, mas já gerou uma onda de críticas. O motivo é a mudança de título de um episódio especial que se chamará “Casando papai e papai”, os três filhos adotados por um casal de homens gays planeja um casamento com o tema “James Bond”.
O jornal The Times tratou do tema com a seguinte manchete: “Muito bonito e muito enganador!”. A matéria começa dizendo “Aos 8 anos de idade, os gêmeos Callum e Chloe não conseguem sequer escolher sozinhos suas próprias roupas. Agora querem planejar uma festa gigantesca para formalizar o que chamam de ‘nossa família para sempre’. ”
Mark e Paul, os dois ‘pais’ que serão retratados no programa enfrentaram uma longa batalha com as autoridades da Ilha de Jersey, onde viviam, até conseguirem adotar oficialmente as crianças. Embora tecnicamente Jersey não faça parte do Reino Unido, mas é um território autônomo de menos de 100.000 habitantes, a decisão da justiça teve grande repercussão entre os ingleses.
Organizações cristãs se manifestaram contrárias a exibição do casamento gay para o público-alvo do programa, de crianças até 12 anos, no horário das 10 da manhã com reprises às 4 da tarde. Porém, a decisão da BBC foi seguir as diretrizes da emissora, segundo a qual as crianças devem ser “introduzidas a temas como a homossexualidade desde cedo na TV. Assim, o estilo de vida de lésbicas, gays e bissexuais se tornará mais tolerável desde cedo”. Tudo em nome da luta contra a “homofobia” que ainda existe na Inglaterra.
De acordo com o Instituto Cristão do Reino Unido, a rede BBC estaria incentivando a adoção do comportamento típico do movimento LGBT. Num dos outros programas da emissora, mais motivos para controvérsia. Um dos apresentadores do reality, Ed Petrie, é estimulado pela marionete de um cachorro vestido de pastor anglicano, a pedir a “mão” de um outro apresentador, Chris Johnson.
Para a emissora, eles apenas estão retratando a realidade e, afinal, vários de seus telespectadores de hoje pode se tornar gays no futuro.  O programa especial com temática gay é o último da segunda temporada e deve ser exibido ainda este mês. Com informações Canada Press e Christian UK.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário abaixo. Se quiser uma resposta, deixe seu endereço de e-mail que em breve estaremos respondendo...

Acompanhe-nos
Facebook- www.facebook.com/portaldiscipulos
Twitter- @eliseurosa
E-mail: portaldiscipulos@gmail.com

Deus abençoe!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

© Copyright Portal Discípulos- Portal gospel de notícias do Brasil 2015 | Design by K8 Informática |Powered by Portal Discípulos.