Portal News:

Cristão pode fazer tatuagem? Veja aqui

O assunto tatuagem sempre gerou muita polêmica dentro da igreja. Alguns utilizam para dar embasamento bíblico à proibição do crente fazer tatuagens o texto de Levítico 19.28, que diz: “Pelos mortos não ferireis a vossa carne; nem fareis marca nenhuma sobre vós. Eu sou o SENHOR.”
Conforme podemos observar claramente nesse texto, não há uma indicação sobre não fazer tatuagens ou marcas de qualquer tipo, mas uma indicação pontual ao povo de Israel que não copiasse o costume de nações pagãs de sua época, que faziam marcas e feridas na pele em adoração aos mortos. Assim, esse texto não pode ser usado para embasar uma proibição total da prática de fazer tatuagens. O texto só pode ser usado naquilo que se refere. Esse é o único texto bíblico que faz alguma menção sobre tatuagens. Fora esse não temos textos bíblicos explícitos que proíbam e nem que autorizam o uso de tatuagens.
ENTÃO, NESSE CASO, O CRISTÃO ESTÁ LIBERADO PARA FAZER TATUAGENS?

Sim e não. Digo isso porque toda atitude do cristão deve ser refletida no contexto completo da Palavra de Deus e não apenas no fato de a Bíblia proibir ou não algo em específico. Por isso, antes de decidir fazer sua tatuagem, creio ser necessário pensar alguns pontos para que essa tatuagem não venha a se transformar em motivo de problemas em sua vida e venha a ser do desagrado a Deus.
(1) Tudo deve ser feito para a glória de Deus. Em 1 Coríntios 10. 31 encontramos um princípio a ser aplicado em todas as nossas ações: “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.”. Se essa tatuagem que você quer fazer é apenas com um intuito egoísta, se é apenas um ato de rebeldia contra algo ou alguém, se é um desejo originado em algo pecaminoso, não faça, pois não estará glorificando a Deus nisso. A motivação daquilo que fazemos conta muito para Deus. Uma motivação errada te levará a um caminho errado, que não glorificará o Senhor no final das contas. Faça essa pergunta a si mesmo: A minha atitude de ter uma tatuagem glorificará a Deus?
(2) Que tipo de desenho você quer fazer? Existem desenhos que carregam simbologias fortes que não caberiam ao cristão carregar em seu corpo. Por isso, se decidir se tatuar deve observar se o tipo de desenho é condizente com os ideais bíblicos. Conheço um cristão que, por ignorância e falta de reflexão e sabedoria, tatuou palavras em outra língua, que ele achava que tinham um significado legal, mas que, na verdade, eram citações reprováveis. Quando descobriu era tarde demais! Por isso, é preciso ter cuidado. Pense: O desenho que quero fazer está condizente com os valores cristãos bíblicos?
(3) Sua tatuagem vai causar escândalo? Apesar de ser algo subjetivo essa questão de causar escândalo, Paulo nos deixou um bom modo de refletir sobre a nossa liberdade cristã, principalmente em relação ao próximo. Em 1 Corintios 8.1-13 Paulo refletiu sobre a sua liberdade diante das pessoas mais fracas na fé. Por que não deveríamos também refletir sobre isso? Ele fez duas conclusões interessantes que, penso eu, podem dar embasamento para uma tomada de decisão mais madura com relação às tatuagens: “Vede, porém, que esta vossa liberdade não venha, de algum modo, a ser tropeço para os fracos (…) E, por isso, se a comida serve de escândalo a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que não venha a escandalizá-lo.” (1Co 8. 9; 13). O referencial do reino de Deus é o “nós” e não o “eu”, por isso, pense se essa tatuagem não trará mais problemas que bênção em sua vida e comunidade. Então, depois de refletir bem decida se fará ou não.
 (4) Quantos anos você tem? Normalmente no calor da rebeldia de jovens e adolescentes aparece esse desejo de fazer uma tatuagem com objetivos nada cristãos. Principalmente pela influência de amigos, da mídia, da moda, do momento, etc. Por isso creio ser de bom grado que pessoas ainda jovens pensem muito bem, consultem seus pais e reflitam. Lembre-se que a tatuagem é permanente e pode te prejudicar inclusive profissionalmente no futuro, pois existem empresas que aplicam restrições – veladas – a pessoas tatuadas. Por isso, pense bem se vale a pena tanto risco por causa de um desenho na pele! Na dúvida, espere mais um pouco e amadureça a ideia.
(5) O cristão deve respeitar a lei. Se você for menor de idade existe uma lei específica que tem restrições a você fazer tatuagens. Se estiver a fazer algo escondido, contrário à lei, está errado. Se a sua decisão é por fazer a tatuagem, que seja algo aberto, legal. Aquela história de aparecer em casa tatuado “do nada” apenas para provocar os pais não indica uma atitude cristã. Certamente irá se arrepender no futuro. Pense que tudo tem a sua hora certa, o seu momento certo e, às vezes, no futuro, você acaba repensando e decide não fazer. Tenho amigos que estavam loucos para fazer tatuagem porque é “modinha”, mas depois de refletirem e deixar o tempo passar acabaram desistindo. Pode acontecer.
(6) As suas dúvidas estão maiores que as certezas? A Bíblia diz algo bem interessante: “Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração…” (Cl 3. 15). Árbitro é aquele que é capaz de julgar e dar a diretriz correta a respeito de algo. Assim, a Bíblia aponta a paz de Cristo como um bom referencial para acertarmos em questões difíceis. Normalmente a dúvida provoca a falta de paz em nosso coração. Se a dúvida está maior que a certeza, pode ser que Deus não esteja se agradando com essa tatuagem ou que Deus está te preparando melhor para fazer uma melhor escolha de tatuagem que a atual. Em última instância, sempre ouça a voz de Deus e não a sua.
 CONCLUSÃO
Creio que os pontos citados acima fornecem bons referenciais para uma tomada de decisão correta com relação a fazer ou não uma tatuagem. Usar a liberdade que Cristo nos deu da melhor forma possível, seja para fazer uma tatuagem legal ou para escolher não fazer uma tatuagem, é o que Deus espera de cada um de nós. Por isso, antes de fazer faça uma reflexão imparcial e sincera sobre a questão é só depois decida.
E VOCÊ, O QUE ACHA DE TATUAGENS?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário abaixo. Se quiser uma resposta, deixe seu endereço de e-mail que em breve estaremos respondendo...

Acompanhe-nos
Facebook- www.facebook.com/portaldiscipulos
Twitter- @eliseurosa
E-mail: portaldiscipulos@gmail.com

Deus abençoe!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

© Copyright Portal Discípulos- Portal gospel de notícias do Brasil 2015 | Design by K8 Informática |Powered by Portal Discípulos.